Dark Mode On / Off
E importa muito. Por isso, quero que conte pra mim.

Tudo bem? Nós ainda não nos conhecemos. Contudo, quero muito conhecer a sua história.

Dessa maneira, vou poder auxiliar você a encontrar soluções práticas para seus entraves. Por exemplo: entraves nascidos nos sintomas do TDAH na vida cotidiana ou ainda, de traumas.

E se não percebeu os sintomas, o que acha de colaborar com conhecidos?

Talvez tenha aquela amiga ou aquele amigo que apresentem sintomas. Indique este site.

Sua História Importa: Queria ter sido Ouvida

Ao longo dos anos eu queria ter escutado de alguém essas exatas palavras: “sua história importa”.

Acontece que TDAH ainda é muito marginalizado e eu não tive quem me oferecesse auxílio e ajudasse a enfrentar de uma forma melhor todo o preconceito e dores que esse transtorno tem me causado.

Quero que com você seja diferente e que eu possa ser facilitadora desse processo. Por isso te digo, sua história importa!

Sou Mel Hippchen. E você? Quero saber quem você é!

Contato do BLOG